22 novembro, 2007

História da Festa



História

A festa do Divino Pai Eterno acontece, a cada ano, no primeiro Domingo do mês de julho.
A partir do primeiro Domingo de outubro, é celebrada a novena mensal, sempre no primeiro Domingo de cada mês.
A Basílica do Divino Pai Eterno é uma recente basílica do Brasil e é a única no mundo dedicada ao Divino Pai Eterno.

A historia de amor, iniciada no dia que o casal Constantino Xavier e Ana Rosa encontrou o medalhão da Santíssima Trindade coroando Nossa Senhora, vem florescendo a cada ano.
Atraindo cada vez mais uma multidão de devotos para contemplar o mistério de Deus no Santuário do Divino Pai Eterno, deixando o amor de Deus permear suas vidas, renovando a fé e a alegria de pertencer à igreja, comunidade dos filhos e filhas do Divino Pai Eterno.
A fé crescente do povo, o crescimento do número de romeiros, moveu a construção do grande Santuário do Divino Pai Eterno no alto da montanha, hoje visto por todas as pessoas que se aproximam desta cidade.
No Santuário do Divino Pai Eterno, sendo agora um templo próprio para acolher os romeiros e desvinculado das atividades paroquiais, foi desenvolvido uma pastoral própria para os devotos e peregrinos.
.
.
Informações retiradas do site: http://www.paieterno.com.br/

Um comentário:

Samantha disse...

É fabulosa a festa do Divino Pai Eterno, muitas pessoas alcançaram graças fazendo a novena. A imagem da Santíssima Trindade coroando Maria Imaculada é o verdadeiro reconhecimento dos filhos a sua Mãe amorosa e cuidadosa que roga por nós em todos os momentos de nossa vida. Parabéns pelo blog.